quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

A submissa deve dominar a mulher.


Bem... hoje em dia a mulher moderna trabalha, muitas sustentam sozinhas casa, filhos, muitas exercem cargos de chefia, onde precisam ser autoritárias, tomar decisões, comandar.... isso não impede de que seja uma submissa a um Homem, submissa ao Dono...
O que seria dividir a mulher e a sub?
Eu digo que tenho uma única vida, não divido a vida baunilha da sub, sou uma apenas.
Até ai tudo bem....
Mas sendo uma sou criança em determinados momentos, sou rebelde em outros, sou mulher, sou submissa, tenho vários momentos.... pensando nisso, cheguei a conclusão de que devo dividir a mulher da sub para errar menos, para aprender, para crescer na vida como sub e mulher, dividir as duas para conseguir ser a submissa plena que se entrega e se deixa conduzir....

Eu, annye, tenho dentro de mim partes da mulher que sou no dia a dia...
Mas a mulher jamais viveria só como annye.
Complicado isso....
Por exemplo...
A mulher quando é chamada atenção, leva uma bronca, seja do marido, do amigo, no trabalho, reage como?
Cada um é cada um, cada uma de sua maneira.... discutindo, agindo por impulso, chorando, enfim....
E a sub pode reagir da mesma maneira com seu Dono?
Pode ser que ela se sinta atingida com a bronca
Que se ofenda,
Pode ser até que o Dom esteja equivocado....
A submissa irá usar sua inteligência, resistir bravamente, ouvir, pensar e avaliar profundamente. Quando conseguimos avaliar, enxergar de maneira correta, conseguimos reagir de maneira certa.
É o parar, refletir, pensar antes de agir.
Ou seja, a mulher não deve influenciar a sub, mas a sub deve ensinar a mulher.
Se aprendermos a reagir como sub, certamente irá aprender a reagir como mulher.
Por isso é muito importante que para o crescimento da sub e por tabela, o da mulher, é importante que a mulher dê espaço a sub... que a mulher saiba o momento de se afastar e deixar agir a sub...
A sub leva o crescimento a mulher, me permito ser sub pq sei que essa condição me acrescentará, acredito que poderei vivenciar coisas que a mulher sozinha não conseguiu.
Conseguirei crescer quando eu, submissa aprender a controlar a mulher até que a mulher passe a agir com naturalidade...
É aprender a usar a inteligência para reagir e não os impulsos.
Gostei de ouvir isso... BDSM é classe, elegância, assim age uma submissa, ciúmes, picuinhas,não condizem com a elegância.
Ah, mas sou ciumenta, são sentimentos do ser humano, sou antes mulher... (rsrs)
Uma sub pode ter ciúmes???
Sim, mas nunca deixar o sentimento tomar conta.
Como lidar com “ele” com aquele que atormenta a muitas subs, o ciúmes, isso é assunto para o próximo post.



Beijos

Um comentário:

anielly disse...

Annye, estou fascinada com seu blog.
Você tem uma maneira simples, direta e bem humorada de tratar os assuntos.
Especialmente esse em que a submissa deve dominar a mulher, me fez refletir.
Escreve mais que virei visitá-la mais vezes e indicar. rsss
Parabéns.
com carinho,
{anielly}_DR